Início > Notícias > CBIC e MDR discutem propostas para habitação de interesse social
Whatsapp image 2020 01 16 at 18.25.40

CBIC e MDR discutem propostas para habitação de interesse social

Postado no dia 17 de Janeiro de 2020 às 08:34:00

O presidente da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), José Carlos Martins, apresentou ao ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, demandas do setor ligadas à previsibilidade dos contratos do programa Minha Casa, Minha Vida (MCMV) e também discutiu propostas relacionadas ao futuro da habitação de interesse social no país.

“O programa efetivo que o governo está lançando neste momento é o de voucher. Nós entregamos todas nossas propostas e vamos continuar discutindo com o governo federal sobre como poderá ser resolvida esta chaga nacional, que é a falta de habitação”, informou Martins, ao fim da reunião, ocorrida na tarde desta quinta-feira (16), no Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), em Brasília.

Também participaram do encontro o secretário Nacional de Habitação substituto, Daniel de Oliveira Duarte Ferreira, o vice-presidente de Habitação de Interesse Social da CBIC, Carlos Henrique Oliveira Passos, e o presidente da Associação de Empresas do Mercado Imobiliário do Distrito Federal (Ademi-DF), Eduardo Aroeira.Segundo Passos, outro assunto tratado na audiência foi a definição do volume de recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e do Orçamento Geral da União (OGU) a serem aplicados ao longo de 2020 na faixa 1 do Minha Casa, Minha Vida. “O ministério informou que aguarda a publicação de uma portaria interministerial que deverá dar tranquilidade aos estados que estão tendo dificuldade de liberar recursos para essa faixa do programa”, resumiu.

Para o presidente da Ademi-DF, a conversa serviu para reforçar o papel da segurança jurídica para um setor que é um dos principais geradores de emprego, renda e desenvolvimento no país. “Temos que olhar para o futuro e dar previsibilidade para nossas empresas. Eu acho que essa é a principal mensagem que a gente trouxe aqui para o ministério e vamos continuar lutando para isso”, registrou Aroeira.

O tema tem interface com o projeto ‘Melhorias para o Mercado Imobiliário’, realizado pela CBIC com a correalização do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai).

Fonte: cbic.org.br

Comentar

0 Comentário(s)